Décima Primeira Leva – A Receita da Cameriere Mulher do Freitas

Leva especial pra ser completamente consumida na comemoração do meu aniversário no próximo dia 22/09. A Cameriere Mulher do Freitas será baseada em uma Belgian Golden Strong Ale, que é uma cerveja “loira” e encorpada.

A receita que usarei é a seguinte:

– 5,0kg de malte Pilsen

– 0,5kg de malte Cara 20

– 0,6kg de açúcar invertido

– 43g de lúpulo Hallertauer Perle (60 minutos)

– 43g de lúpulo Hallertauer Perle (final da fervura)

–  1 pacote de S-33

– aquecer a água a 55ºC, colocar o malte e esperar decantar por 10 minutos

– subir pra 67,5ºC e manter por 60 minutos

– subir para 78ºC e manter por 10 minutos (mash-out)

– fervura intensa por 1h, adicionando o lúpulo conforme descrito acima

– fazer o whirpool e aguardar 20 minutos

– fazer o resfriamento do mosto até 30ºC e inocular o fermento

A intenção é fazer uma cerveja clara, de graduação alcólica alta, com leve amargor e aroma herbal.

PS: por falta de tempo não fiz a cerveja ainda, quando fizer continuarei os posts sobre ela aqui no blog!

Esse post foi publicado em A 11 - Décima Primeira Leva: Mulher do Freitas Belgian Golden Strong Ale, Minhas Cervejas, Receitas Cameriere e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Décima Primeira Leva – A Receita da Cameriere Mulher do Freitas

  1. eai Amilcar
    muito legal o blog, faz uns dias q estou lendo e aprendendo muito. As belgian golden strong ale é um dos estilos q mais aprecio, com certeza vai ficar muito boa! Cara! estou na duvida na compra de equipamentos esse kit q vc comprou (com o esquema de recirculação) facilita muito o processo? se pudesse voltar atras vc compraria outro kit? vc gasta muita agua no resfriamento( vi vc falando sobre a questão do gasto de agua em um de seus primeiros videos) ?
    parabéns pelo blog e obrigado por compartilhar conhecimento
    abraço
    Arquimedes

Os comentários estão encerrados.