Ingredientes

Os ingredientes básicos de uma cerveja de acordo com a Lei da Pureza alemã são:

– aguá;

– malte de cevada;

– lúpulo; e

– levedura.

A água deve ser o mais pura possível mas na minha opinião, embora exista uma mística que diz que a água é o ingrediente mais importante de uma cerveja, podemos fazer excelentes cervejas com uma água mineral ou até mesmo bem filtrada ou tratada.

Confesso que até hoje o maior cuidado que tive foi de filtrar a água no meu filtro residencial mesmo, que é normal e usa carvão ativado.

Antes de começar a fazer cerveja eu imaginava que seria super complicado encontrar malte pra comprar, mas isso não é verdade. Em São Paulo há boas lojas que vendem todos ingredientes e equipamentos necessários pra produção. Além disso a internet é uma maravilha pra compras dos insumos e de equipamentos também.

Existe uma vasta diversidade de maltes disponíveis e cada um confere uma característica à cerveja. Há maltes pilsen, ales, torrados, etc, etc, etc. Para saber as características que cada malte confere às cervejas veja esta planilha.

Grãos inteiros de malte de cevada em diferentes cores, pra produção usamos os grãos moídos.

O lúpulo pode ser usado em diversas formas, as que conheço são como flor e pellets, a forma mais comum de uso e mais fácil de encontrar pra comprar.

Pellets de lúpulo, que são lúpulo prensado.

Há 3 tipos de lúpulo: de amargor, de aroma e de acabamento. Cada qual com sua característica e sabor, o lúpulo é responsável pelo amargor e aroma da cerveja.

As leveduras cervejeiras são fermentos e existem em 2 formas e 2 tipos: secas (saquinhos com pó), líquidas, ales e lagers.

Embalagem de levedura em pó, que precisa ser hidratada antes de inoculada ao mosto.

As Ale são leveduras de alta fermentação, o que significa que trabalham na conversão de açúcar em álcool e gás carbônico na parte de cima do fermentador. Eu antes de “estudar” sobre o assunto achava que “alta fermentação” significava uma fermentação maior, por mais tempo, mas não é isso. Esse tipo de levedura prefere temperaturas altas, algo em torno de 18 a 24ºC.

As leveduras do tipo Lager são de baixa fermentação, ou seja, trabalham na parte baixa do fermentador, e necessitam de temperaturas mais baixas pra fazer a conversão (entre 4 e 12ºC).

Há ingredientes adicionais que fogem à Lei da Pureza mas que são usados também por cervejeiros caseiros: trigo em flocos e aveia.

Cervejas de massa, tipo Skol, Brahma, etc, geralmente possuem na receita os famosos “cereais não maltados” (isto está escrito nos rótulos!) que são usados para baratear a produção, os mais comuns e que eu conheço são arroz e milho.

Cervejeiro caseiro não é muito fã desses ingredientes e prefere as cervejas “puro malte”.

Como eu gosto de cozinhar e de inventar nas receitas dando um “toque especial” vou ousar e colocar ingredientes que me vierem à cabeça pra fazer testes, todos eles serão escritos aqui no blog!

Loja virtual de insumos e equipamentos cervejeiros.

3 respostas para Ingredientes

  1. André disse:

    Os igredientes sera que vende em Santo amaro largo trese

  2. Olá boa noite ….. baixei a tabela que vc postou e achei show, como sou iniciante gostaria de saber se por acaso vc teria uma tabela ou onde posso encontrar uma de equivalência, supondo que malte eu posso usar/substituir no lugar do “carahell” caso ele falte.
    Desde já agradeço.

Contribua com o nosso blog!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s